Carreira

Autogerenciamento: 8 passos para o sucesso

O autogerenciamento é uma competência exigida hoje pelo mercado de trabalho. O profissional que quer crescer e identificar as melhores oportunidades deve saber gerenciar a si mesmo. Isso significa conhecer suas potencialidades e fraquezas e trabalhar para melhorar a performance e superar as limitações.

Dessa maneira, o autogerenciamento está ligado ao sucesso, pois é possível trabalhar de forma mais eficiente e produtiva, melhorar o relacionamento com os colegas, aprimorar os pontos fortes e definir metas para o seu crescimento.

Quer conhecer 8 passos para gerenciar a si mesmo? Acompanhe este post e veja como você pode se destacar profissionalmente!

1. Invista no autoconhecimento

As pessoas têm o costume de prestar muita atenção na vida e comportamento de todos que estão à sua volta, porém se esquecem de se autoavaliar. Um dos pontos da inteligência emocional é o autoconhecimento, e você só conseguirá gerenciar a si mesmo se estiver ciente de suas potencialidades e limitações.

É preciso saber em quais aspectos você se sai melhor e o que dificulta o seu desempenho em outros. Procure entender também suas emoções: que situações tiram você do sério ou lhe causam medo? O que lhe traz alegria e satisfação? Tente entender o porquê de suas reações.

Nessas horas, uma conversa franca com um amigo ou alguém próximo da família pode ajudar. Pergunte como essas pessoas enxergam você, quais suas qualidades e defeitos. A partir dessas respostas, reflita sobre si mesmo e veja o que pode ser modificado.

O autoconhecimento terá um impacto direto no seu dia a dia profissional, nas suas decisões, mudança de postura e na melhora da sua performance.

2. Entenda como é o seu relacionamento com as pessoas

Para se autogerenciar, é muito importante entender e cuidar do seu relacionamento com as pessoas, em especial no ambiente do trabalho, visto que ninguém trabalha sozinho.

Você precisa avaliar a sua capacidade de ouvir, trabalhar em equipe e até mesmo entender quais aspectos o deixam estressado em relação aos outros. Você consegue mostrar aos colegas ou a seus superiores que algo o incomoda? Sabe pedir ajuda em um momento de dificuldade em alguma tarefa? Consegue apresentar novas ideias e projetos em uma reunião?

Ter empatia, ser transparente, deixar o orgulho de lado, ser proativo e conseguir trabalhar em equipe são itens importantes para o autogerenciamento que, consequentemente, melhoram o clima organizacional e sua produtividade.

3. Defina metas para seu crescimento

É preciso que você saiba onde quer chegar e o que precisa fazer para conquistar esse objetivo. Você pode adotar a técnica SMART, acrônimo para specifc, measurable, attainable, relevant e time-based — tradução para específico, mensurável, atingível, relevante e temporal. Assim, é importante que suas metas tenham essas características, ou seja, sejam realistas e alcançáveis.

Quer conseguir um cargo maior na empresa onde trabalha? Então, não é o momento de se dedicar a uma pós-graduação, por exemplo? Se a sua pretensão é mudar de emprego, avalie quais pontos precisam ser melhorados em seu currículo. Será que não está faltando fazer um curso de línguas?

Coloque tudo no papel, estabeleça prazos e faça um planejamento financeiro para que você se empenhe em cumpri-los e consiga, assim, crescer na carreira.

4. Faça um planejamento semanal de atividades

Saber como gerenciar a si mesmo inclui fazer a gestão do seu tempo. E, para isso, o primeiro passo é ser organizado. Você pode estabelecer uma agenda semanal de atividades, colocando em primeiro lugar aquelas mais urgentes.

Elimine as distrações do seu dia a dia, como checar a todo momento as redes sociais ou perder tempo demais conversando com os colegas, e procure cumprir seus compromissos no prazo adequado. Isso trará satisfação pessoal e mais motivação para o trabalho.

5. Esteja aberto a desafios

Para você alcançar suas metas e aprimorar suas habilidades, é preciso sair da zona de conforto e estar aberto a desafios. Imagine que você é uma empresa e chegou a hora de arriscar para aumentar os lucros. Você estaria disposto?

Levando essa analogia para a realidade — você estaria disposto a assumir mais responsabilidades e comandar uma equipe se conseguir elevar seu cargo? Não ter medo do novo e testar suas competências assumindo novos projetos, por exemplo, é importante para quem quer alçar voos mais altos.

6. Busque cursos de aprimoramento

Ao conhecer seus pontos fortes e fracos, você consegue saber como direcionar seus estudos. Você pode se dedicar a uma pós-graduação, aprimorando uma área com a qual gosta de trabalhar ou escolher uma especialização sobre um tema que você tem dificuldades, e pode melhorar seu currículo.

Desse modo, buscar cursos de atualização e aprimoramento é um ponto-chave para o autogerenciamento. É uma maneira de dedicar seus esforços para melhorar como profissional.

EAD

E hoje não tem desculpa para a falta de tempo para estudar: há várias instituições de ensino de qualidade que oferecem a modalidade ensino a distância (EAD). Essa flexibilidade facilita a vida do profissional, que pode assistir às aulas nos horários mais convenientes.

7. Monitore seu desenvolvimento

Desenvolver o autoconhecimento, cuidar dos relacionamentos pessoais, traçar metas, ter uma agenda semanal, estudar — tudo ajuda no autogerenciamento, certo? Porém, é importante que você monitore o seu desenvolvimento e veja o que mudou na sua vida profissional com essas atitudes.

Com esse acompanhamento, é possível saber quais pontos ainda merecem atenção ou quais competências você adquiriu e que trouxeram ganhos na sua vida.

8. Cuide do corpo e da mente

Para que o autogerenciamento dê certo e você alcance o sucesso, é necessário o cuidado com o corpo e com a mente. Dessa forma, pratique atividades físicas, tenha uma alimentação saudável, durma bem, dedique momentos para o lazer, para um hobby e para o descanso.

Só assim você conseguirá cumprir suas metas, aprimorar seu talento e buscar formas de vencer suas dificuldades.

Viu só como o autogerenciamento deixará seu dia a dia profissional mais produtivo e suas metas mais alcançáveis? Você conseguirá se diferenciar, mostrará suas competências e terá em suas mãos o rumo da sua carreira.

As dicas deste post foram esclarecedoras? Compartilhe essas ideias com seus amigos em suas redes sociais para que eles também saibam como obter sucesso profissional!

 

Share This