Carreira

Veja as 4 melhores dicas de networking para fazer seu marketing pessoal!

Saber se destacar no mercado atual é indispensável para quem deseja alavancar uma carreira. Além de contar com habilidades e competências fundamentais para o seu trabalho, é preciso conseguir fazer marketing pessoal e mostrar o seu talento para pessoas relevantes, de modo a montar uma boa rede de contatos e, assim, abrir as portas para oportunidades. Para isso, contar com dicas de networking é algo estratégico.

Diferentemente do que muitos podem pensar, fazer marketing pessoal não se trata apenas da autopromoção contínua, a qualquer hora e lugar. É preciso saber praticá-lo de modo adequado, construindo relacionamentos valiosos e encontrando as pessoas certas que poderão ajudá-lo a crescer na carreira por meio do networking.

Se você quer entender melhor sobre o que estamos falando e conferir uma série de dicas infalíveis para fazer o seu marketing pessoal, continue conosco e boa leitura!

Entenda por que fazer networking

O termo network (do inglês, “net” = rede e “work” = trabalho) significa nada mais nada menos que uma rede de contatos profissionais, interligando pessoas que possuem interesses mútuos e que, assim, podem dar e receber apoio — além de trocar informações, experiências e conhecimentos entre si.

A importância de saber fazer networking está justamente nas oportunidades que surgem quando você se relaciona positivamente com pessoas que partilham dos mesmos objetivos profissionais.

Isso também se relaciona com aquele velho ditado que você provavelmente já ouviu alguma vez em sua vida: “quem não é visto não é lembrado”. Se você consegue montar uma boa rede de contatos profissionais e está buscando por uma nova colocação, por exemplo, é bastante provável que alguma de suas conexões lembrará de você e lhe indicará uma oportunidade.

Contudo, é preciso ter sempre em mente que qualidade vale mais que quantidade. Acumular contatos somente por acumular não é sinal de que você está fazendo um bom networking. Contatos sem relacionamento serão apenas contatos, portanto, foque apenas em fazer conexões duradouras e que façam sentido para você.

Confira as melhores dicas de networking

1. Participe de cursos, eventos e reuniões locais

O primeiro passo para fazer networking é saber marcar presença. É preciso ter iniciativa e não simplesmente esperar que as oportunidades cheguem até você.

Ainda que o meio digital tenha proporcionado cada vez mais aos profissionais chances de construir conexões relevantes, é preciso saber sair de sua zona de conforto e participar de eventos, cursos, reuniões, fóruns de discussão e demais situações que promovam a interação sempre que puder. Isso não só se resultará em aprendizado como também será uma experiência de vida valiosa para você.

2. Tenha sempre seus cartões de visita em mãos

Os bons e velhos cartões de visita são praticamente uma moeda de troca em eventos e demais situações em que pode acontecer o networking, portanto, tenha sempre os seus em mãos.

Contudo, não se esqueça de que, embora o cartão de visita ainda seja uma forma eficiente de lembrar e ser lembrado quando alguém está buscando por um profissional como você, não basta apenas sair distribuindo o seu desenfreadamente, sem que haja uma conversa. Entregá-lo de modo estratégico é fundamental.

3. Tenha uma estratégia para a sua marca pessoal

Sempre que participar de eventos de networking ou criar novas conexões, é importante saber passar a sua marca pessoal — ou seja, praticar o marketing pessoal, como veremos ao final deste artigo.

É ideal demonstrar quem você é e quais são as suas capacidades e habilidades profissionais quando estiver participando de uma discussão sobre assuntos de sua área de especialização, por exemplo. Tudo isso sem tornar essa ação em uma autopromoção inadequada — algo que muitas pessoas rejeitam.

4. Mantenha o contato

Você compareceu a eventos, fez várias conexões e trocou cartões de visita. O trabalho está feito, certo? Bom, saiba que não é bem assim. Embora você tenha de fato dado passos importantes, entenda que o trabalho não para por aí. É preciso nutrir e valorizar a sua rede de contatos, de modo a fazer com que essas relações sejam duradouras.

Mantenha o contato com essas pessoas. Separe aquelas conexões que você julgar interessante e adicione-as no LinkedIn ou envie um e-mail para elas, por exemplo. Certificar-se de que elas não esquecerão de você é fundamental.

Veja a importância do marketing pessoal no processo de networking

Como já falamos, existe um ditado que faz todo o sentido para o tema deste artigo. Se você já ouviu que “quem não é visto não é lembrado”, saiba que isso se trata de uma verdade quando o assunto é networking e marketing pessoal.

Mas o que exatamente é marketing pessoal? Trata-se de uma ferramenta que vai impulsionar seu networking, ajudando você a promover e fortalecer a sua imagem perante essas conexões.

Fazendo um bom marketing pessoal você conseguirá passar para seus contatos toda a sua essência e conteúdo profissional, de modo a se destacar positivamente perante o mercado — afinal, de que adianta ser amplamente capacitado e qualificado se você não souber transparecer isso para o conhecimento das pessoas?

Lembre-se, no entanto, de que conseguir fazer um bom marketing pessoal é totalmente diferente de promover o culto à sua imagem e vaidade a todo momento. É preciso fazer acontecer de modo sutil e natural, sabendo não só falar, como também ouvir. Outros aspectos igualmente interessantes nesse sentido são:

  • seja pontual em todo e qualquer compromisso profissional;

  • seja mais aberto para escutar o que as pessoas com as quais você está conversando têm a dizer;

  • preste atenção em sua postura corporal, que deve transparecer interesse, atenção e autocontrole;

  • tenha sempre iniciativa;

  • mantenha-se sempre atualizado e busque conhecimento;

  • mantenha a humildade e a simpatia;

  • não demonstre arrogância nem tente mostrar toda a sua elegância de uma só vez — agindo assim, você corre o risco de parecer exagerado.

Viu só como as dicas de networking que apresentamos podem ajudá-lo a fazer seu marketing pessoal e, consequentemente, a colher os benefícios profissionais dessa prática? Sendo assim, coloque em ação tudo o que foi abordado ao longo deste post e comece desde já a alavancar a sua carreira!

Gostou do artigo de hoje? Então compartilhe-o agora mesmo em suas redes sociais e ajude mais pessoas a entenderem a importância do networking e do marketing pessoal!

 

Share This